Follow by Email

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

BEM RELACIONADO: DEFINIÇÃO DE RENATO

(um questionamento em forma de narração)
RENATO
Bem relacionado. Tranquilidade é quando você tem em seu círculo de amizades, pelo menos um médico, um policial, um advogado, um político e um assassino.

CELSO
E se o seu amigo médico matar você na mesa de uma cirurgia desnecessária para embolsar sua parte na grana do esquema sanguessuga de corrupção? E se o policial da quadrilha prender o assassino para este não “revidar” o crime do médico ou por achar que o assassino armou tudo? E se o político for afastado do Senado (preso é demais) por denúncia sobre outro ato de corrupção ao Ministério Público? E se a denúncia foi articulada pelo advogado, que o queria fora do esquema? E se o policial estava envolvido na mesma corrupção, o esquema sanguessuga dos supostos amigos, e foi trancafiado na mesma cela do assassino?

Ambos não fizeram faculdade e não tiveram direito a prisão especial. Também não deviam ter envolvimentos com bacharéis. É muito perigoso.

Nessa história, você ainda não percebeu, mas é, ou melhor, era o advogado que morreu. E seu mui amigo médico é, na verdade, mais assassino do que seu amigo assassino. Para lhe esclarecer, se é que isso ainda lhe importa, o seu amigo assassino matou o policial na cela, enquanto o político declamava um discurso no seu funeral na Rua da Saudade, Bairro Nossa Senhora de Fátima, de onde sua esposa saiu com o atestado de óbito, preenchido e assinado pelo médico. Este lhe entregou o documento durante a cerimônia, pois havia urgência.

Na verdade, todos eram amigos de sua esposa, menos o assassino que era verdadeiramente seu amigo. Ele jura vingar-se do médico e do político e de sua ex-esposa. Agora, ele não quer somente sua parte da grana, mas todo o dinheiro, e a vida de cada um.

Vejam as cenas do próximo capítulo. Conseguirá o assassino sair da prisão e fazer sua vingança?